0 itens: 0,00 € 
português inglês
HOME
QUEM SOMOS
PROMOÇÕES
PRODUTOS
GALERIA
CONTACTOS
CATÁLOGO » VINHOS DO ALENTEJO
LOGIN
LOGIN
recuperar | registe-se
VINHO DO DOURO
VINHO DO PORTO
VINHOS DO ALENTEJO
PENÍNSULA DE SETÚBAL
DÃO
VINHO VERDE
LICORES, AZEITES, ETC.
VINHO MADEIRA
DIVERSOS E SOUVENIRS
BAIRRADA
VINHO DOS AÇORES
AGUARDENTES E WHISKYS
Alicante Branco Chão Eremitas 2019
>>
<<
22,50 €   19,90 €
COMPRAR
Ref.

Casta

100% Alicante Branco. O Alicante Branco, foi e é também conhecido como o Boal de Alicante ou o Boal Cachudo e terá sido durante muitos anos uma casta importante no Alentejo. Gyrão,1822, 50 anos antes da filoxera, cita vários “Boiais” mas dando especial destaque ao Boal Cachudo (sinónimo desta casta).

Conceito

Um 100% Alicante Branco, único em Portugal é um ensaio de casta exclusiva de Portugal, é o único no mundo. Este vinho testa o potencial de uma das castas antigas do encepamento do Alentejo com a modernização da viticultura quase desapareceram.

Idade da vinha: 51 anos

Altitude: 256-267m

Solos: Solos Graníticos - Litólicos Não Húmicos de origem granítica, são solos pouco evoluídos, formados, textura arenosa, sem agregados, ligeiramente ácidos.

Localização: Localizada no sopé sul da Serrad’Ossa.

História: Este lugar é especial, sente-se! Dois riachos trazem as águas das chuvas da Serra mantendo o chão fresco no tórrido calor alentejano, nunca baixando o nível freático da água abaixo dos 5 metros. Era aqui que antigamente se plantava a vinha, o local era conhecido como o Chão dos Eremitas, “Chão“ termo antigo para zona plana, e dos “Eremitas” referente aos monges Eremitas da ordem de São Paulo. Aqui existem provas da produção ininterrupta de vinho desde o séc. XIV, a vinha teve tal importância que uma Bula Papalem 1397 isenta os “Pauperes Eremitas” de pagar tributos (impostos) nas suas vinhas. Mas a arqueologia vai mais longe, pois a descoberta da única ânfora de vinho fenícia do interior do País, que data do séc. VIII a.C, liga este local ao vinho cerca de 900 anos antes da chegada dos Romanos, no que são 3,000 anos de história ligada ao vinho.

Viticultura

Uvas em regime de produção integrada certificada sem uso de herbicidas.

Vinificação

As uvas são apanhadas entre as 3 e 4 horas da madrugada, prensa directa, sem sulfitosaté ao final de fermentação, sem decantação e fermentação espontânea de 40% embarricas velhas, e controladas de 60% em inox. 12 meses de estágio sobre as borras primárias sem battonage.

Notas de Prova

Cor amarelo-citrino, nariz intenso, notas de toranja, pêssego e pólvora. Ataque cheio encorpado, excelente untuosidade e persistência.

Gastronomia

Vinho com bastante concentração, bom para pratos de peixe no forno ou tacho e pratos de aves mais simples.

Conservação e Serviço: Conservar a 6-8ºC para ser servido a 10ºC e bebido a 12ºC.

Álcool

12,0% Vol.

Produção

1997 garrafas numeradas de 0.75L lançadas em Abril 2021.

Info

Casta

100% Alicante Branco. O Alicante Branco, foi e é também conhecido como o Boal de Alicante ou o Boal Cachudo e terá sido durante muitos anos uma casta importante no Alentejo. Gyrão,1822, 50 anos antes da filoxera, cita vários “Boiais” mas dando especial destaque ao Boal Cachudo (sinónimo desta casta).

Conceito

Um 100% Alicante Branco, único em Portugal é um ensaio de casta exclusiva de Portugal, é o único no mundo. Este vinho testa o potencial de uma das castas antigas do encepamento do Alentejo com a modernização da viticultura quase desapareceram.

Idade da vinha: 51 anos

Altitude: 256-267m

Solos: Solos Graníticos - Litólicos Não Húmicos de origem granítica, são solos pouco evoluídos, formados, textura arenosa, sem agregados, ligeiramente ácidos.

Localização: Localizada no sopé sul da Serrad’Ossa.

História: Este lugar é especial, sente-se! Dois riachos trazem as águas das chuvas da Serra mantendo o chão fresco no tórrido calor alentejano, nunca baixando o nível freático da água abaixo dos 5 metros. Era aqui que antigamente se plantava a vinha, o local era conhecido como o Chão dos Eremitas, “Chão“ termo antigo para zona plana, e dos “Eremitas” referente aos monges Eremitas da ordem de São Paulo. Aqui existem provas da produção ininterrupta de vinho desde o séc. XIV, a vinha teve tal importância que uma Bula Papalem 1397 isenta os “Pauperes Eremitas” de pagar tributos (impostos) nas suas vinhas. Mas a arqueologia vai mais longe, pois a descoberta da única ânfora de vinho fenícia do interior do País, que data do séc. VIII a.C, liga este local ao vinho cerca de 900 anos antes da chegada dos Romanos, no que são 3,000 anos de história ligada ao vinho.

Viticultura

Uvas em regime de produção integrada certificada sem uso de herbicidas.

Vinificação

As uvas são apanhadas entre as 3 e 4 horas da madrugada, prensa directa, sem sulfitosaté ao final de fermentação, sem decantação e fermentação espontânea de 40% embarricas velhas, e controladas de 60% em inox. 12 meses de estágio sobre as borras primárias sem battonage.

Notas de Prova

Cor amarelo-citrino, nariz intenso, notas de toranja, pêssego e pólvora. Ataque cheio encorpado, excelente untuosidade e persistência.

Gastronomia

Vinho com bastante concentração, bom para pratos de peixe no forno ou tacho e pratos de aves mais simples.

Conservação e Serviço: Conservar a 6-8ºC para ser servido a 10ºC e bebido a 12ºC.

Álcool

12,0% Vol.

Produção

1997 garrafas numeradas de 0.75L lançadas em Abril 2021.

VOLTAR

O Website não permite a compra com pagamento imediato, pelo que, o processo de compra não se encontra finalizado. Irá ser contactado por e-mail por forma a ser informado dos gastos de envio e respectivos dados bancários para pagamento por Transferência Bancária.